FAÇA UM GOL DE PLACA NESTA COPA AJUDANDO A LBV.

Eu ajudo a mudar!

segunda-feira, 26 de julho de 2010

VEJA A LISTA COMPLETA DOS CONVOCADOS:


Goleiros: Jefferson (Botafogo); Renan (Avaí); Victor (Grêmio)
Laterais direitos: Daniel Alves (Barcelona) Rafael (Manchester United)

Zagueiros: David Luiz (Benfica) Henrique (Racing Santander), Réver (Atlético-MG) Thiago Silva (Milan)

Laterais esquerdos: Marcelo (Real Madrid); André Santos (Fenerbahce)

Volantes: Jucilei (Corinthians); Lucas (Liverpool); Ramires (Benfica); Sandro (Internacional)

Meio campistas: Paulo Henrique Ganso (Santos); Ederson (Lyon); Hernanes (São Paulo)

Atacantes: Neymar (Santos); Diego Tardelli (Atlético-MG); Pato (Milan); Carlos Eduardo (Hoffenheim); André (Santos) Robinho (Santos)

Mano baseia primeira convocação em torno da Olimpíada de Londres

SSSSSSS
Mano, novo técnico da seleção, e o presidente da CBF, Ricardo Teixeira

por ESPN.com.br


O novo treinador da seleção brasileira, Mano Menezes, deixou claro em sua primeira convocação que a Olimpíada de Londres em 2012 é uma de suas prioridades. O técnico chamou sete jogadores com idade para participar da competição daqui dois anos - Renan, Rafael, Sandro, Ganso, Neymar, André e Pato - e afirmou que quer ambientar esses atletas na equipe.

Esperanças para 2012, Ganso e Neymar terão a primeira chance de mostrar serviço na seleção

Esperanças para 2012, Ganso e Neymar terão a primeira chance de mostrar serviço na seleção
“Pensamos em fazer um início de uma renovação. Dentro dessa ideia, o trabalho tem um objetivo pensando não só na Copa de 2014, como na Olimpíada de Londres. Isso visando um trabalho paralelo de preparação desses jogadores. De ambientação em termos de seleção, buscando prepará-los para o momento da Olimpíada. Mesmo que eles não joguem em um primeiro momento, vão vivenciar o ambiente e vão permitir que o técnico observe o comportamento deles.”

André, Neymar e Ganso - o trio do Peixe

“Vamos elabrorar um calendário e conversar com os clubes europeus, que não têm obrigação de liberar – jogadores para a Olimpíada. Com organização, que é o que os clubes europeus exigem, vamos aprsentar para eles um projeto para esses jogadores. Com antecedência, temos condições de contar com esses jogadores e brigar pela medalha tão sonhada que ainda não conseguirmos conquistar.”

A ausência da grande maioria dos atletas que estiveram na Copa do Mundo da África do Sul nessa na primeira lista de Mano não deve ser motivo de preocupação para os jogadores mais experientes. Segundo Mano, menos de um mês depois da eliminação do Brasil nas quartas de final do Mundial para a Holanda, a dor da derota ainda é recente.

“Conversei com os jogadores que estavam lá fora. Eles estão vindo de uma parada de férias e saber se estavam bem para receber o convite era essencial. Também tive uma conversa com os jogadores remanescentes e que jogaram a Copa para evitar um desgaste maior. Não é bom nesse primeiro momento utilizá-los, há um desgaste quando se tem uma derrota. Conversamos ainda com técnicos aqui dentro do Brasil para ter algumas informações”, afirmou Mano, que revelou ainda que um atleta pediu para não ser conovocado. Ele não quis dizer o nome do jogador.

Renan, Rafael, Sandro e Pato

A idade, contudo, pode ser um entrave para os jogadores mais experientes que vinham sendo chamados por Dunga. "Nós não temos restrição a convocação de ninguém. O que será levado em questão é o monento em os atletas estão, a confiança que se estabelece. Temos que levar em conta a idade também, porque ela vai chegando e como na vida e no futebol a fila anda."

“O trabalho vai ser dividido em três bons momentos: uma Copa América, a Olimpíada e depois a Copa, que é certamente o maior momento de todos. Vai ser uma sequência natural. Vamos utilizar algumas das datas lá na frente especificamente para a seleção olímpica. E temos que passar por um pré-olímpico", terminou Mano.

Musa da Copa, paraguaia Larissa Riquelme posará nua para revista brasileira

Larissa Riquelme será o destaque da revista Playboy
Larissa Riquelme será o destaque da revista Playboy
Crédito da imagem: Reuters

por ESPN.com.br com Agência Efe

A modelo paraguaia Larissa Riquelme, que ficou conhecida como a musa da Copa do Mundo deste ano, assinou contrato para posar nua para a edição brasileira da revista "Playboy", informou nesta segunda a publicação.

A "Playboy" não informou sobre quando publicará as fotos de Larissa, mas a expectativa é de que a modelo esteja nas páginas de setembro ou outubro.

A paraguaia, que tinha prometido tirar a roupa caso o Paraguai chegasse às semifinais do Mundial - foi eliminado nas quartas de final -, visitou o Rio de Janeiro neste fim de semana para fazer um ensaio fotográfico sensual e comparecer a compromissos publicitários.

No domingo à tarde, Larissa e dois acompanhantes foram assaltados enquanto passeavam na praia de Ipanema, na zona sul carioca. Os dois ladrões levaram um telefone celular, duas câmeras fotográficas e vários documentos, mas nem Larissa, nem seus acompanhantes, quiseram prestar queixa, já que precisavam viajar.

Esta é a segunda visita da modelo ao Brasil. Poucos dias depois do término do Mundial, ela esteve em São Paulo para fazer fotos para uma campanha publicitária.

Teixeira fala em permanência de Mano até 2014, e técnico promete 'seleção dos sonhos'

http://www.lancenet.com.br/resources/4963691.jpg

por ESPN.com.br


O gaúcho Mano Menezes foi apresentado na tarde desta segunda-feira como o novo técnico da seleção brasileira e já chegou com elogios e promessas do seu novo chefe, Ricardo Teixeira. O presidente da CBF desejou sorte ao ex-treinador do Corinthians e fez questão de ressaltar seu apoio para que ele permaneça até a Copa de 2014.

“Não é necessário apresentar o Mano a vocês. Todos conhecem o trabalho que ele tem feito e sabem perfeitamente a razão para escolhê-lo e ele concorda plenamente com todo o projeto que pretendemos fazer nos próximos anos, objetivando principalmente a Copa de 2014 e a revitalização da seleção”, afirmou Teixeira.


“Desejo boa sorte a ele, que terá todo o apoio da presidência da CBF, nos bons e maus momentos. Se Deus quisermos estaremos juntos no Brasil em 2014 para conquistar o tão almejado título”, completou o mandatário da CBF.

Mano já chegou prometendo fazer a 'seleção dos sonhos' e recebendo o apoio de Teixeira

Mano já chegou prometendo fazer a 'seleção dos sonhos' e recebendo o apoio de Teixeira
Crédito da imagem: AE

Já Mano Menezes chegou com um discurso prometendo que a nova seleção brasileira vai representar o sonho da população em campo. O técnico gaúcho ainda garantiu que vai manter sua linha de trabalho e agradeceu a confiança colocada nele.

“Queria agradecer a confiança e sei que posso ocupar um dos cargos mais importantes do país. Vou procurar me pautar dentro da linha que me trouxe até aqui, com responsabilidade, lealde, transparência e honestidade. Esperamos montar uma seleção capaz de representar dentro de campo todos os nossos sonhos e aspirações com um time de futebol. Sei que vai ser um árduo o trabalho”, afirmou Mano Menezes.

Remanescente da Era Dunga, Thiago Silva festeja 1ª convocação com Mano

http://oglobo.globo.com/fotos/2007/07/11/11_MVG_tihiago_silva.jpg

por ESPN.com.br com


O zagueiro Thiago Silva foi um dos únicos remanescentes da seleção brasileira que disputou a Copa sob comando de Dunga que esteve presente na primeira lista de Mano Menezes na seleção brasileira.

Ao lado de Daniel Alves, Robinho e Ramires, o jogador do Milan foi chamado para o amistoso contra os Estados Unidos que ocorre no dia 10 de agosto, em Nova Jersey, e comemorou a 'sobrevivência'.

"Tinha o sonho de disputar uma Copa do Mundo e desejo agora participar desta nova etapa da seleção brasileira visando ao Mundial de 2014, em nossa casa", disse o zagueiro.

"Vou procurar trabalhar como sempre fiz e espero conquistar a confiança do Mano Menezes, nosso novo comandante. Desejo sorte a ele e tenho certeza de que estamos em boas mãos", finalizou.

Maior novidade de Mano, goleiro do Avaí pensou em brincadeira

http://1.bp.blogspot.com/_yJgRoG9VZ7M/S_x3dUSR2_I/AAAAAAAAAhM/kv5MdE2sksM/s1600/renan+o+goleiro.jpg

por Jean Pereira Santos, da redação do ESPN.com.br


A primeira lista de convocados da seleção brasileira feita por Mano Menezes, divulgada nesta segunda-feira, teve várias novidades, mas nenhuma chamou tanta a atenção como a presença do goleiro Renan, do Avaí.

Com 19 anos, formado nas categorias de base do Avaí e com passagem pelo Criciúma, o arqueiro foi pego totalmente de surpresa e até achou que se tratava de uma brincadeira, segundo relatou à reportagem a assessoria de imprensa do clube. Depois, mais calmo, vibrou.


Renan está totalmente dentro da iniciativa de renovação pretendida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), seguida à risca por Mano em seu primeiro chamado. O jogador pesa 83kg e mede 1,92m. Além de Renan, foram chamados para o gol Jéfferson, do Botafogo, e Victor, do Grêmio.

Renan durante a vitória do Avaí sobre o São Paulo no Morumbi;  veja defesas
Renan durante a vitória do Avaí sobre o São Paulo no Morumbi.

Diferentemente da surpresa do atleta, o clube tinha esperança de ter jogadores no chamado de Mano: o próprio Renan e o atacante Roberto. Segundo a assessoria, a expectativa era baseada na especulação que acabou circulando, mas jamais foi confirmada pela CBF, de que atletas que atuam no exterior não seriam relacionados, o que acabou não acontecendo. atuam no exterior não seriam relacionados, o que acabou não acontecendo.

Há quatro anos, primeira lista de Dunga apresentou novidades que não duraram


por Thiago Arantes, da redação do ESPN.com.br


A primeira seleção brasileira convocada por Mano Menezes mostrou novidades com relação ao time derrotado pela Holanda na Copa do Mundo. Nomes como o dos goleiros Renan, do Avaí, e Jefferson, do Botafogo, antes nem sequer eram cotados. Os zagueiros Henrique e David Luiz, também pareciam distantes. O mesmo pode-se dizer do meia Éderson, do Lyon.

Apesar dos nomes diferentes, a lista de Mano não foge da regra das seleções chamadas após fracassos em Copas. Há quatro anos, por exemplo, Dunga também inovou em sua primeira lista. O desafio de Mano agora é alcançar algo que seu antecessor não conseguiu: fazer suas apostas durarem, chegando até o Mundial.

Na primeira lista de Dunga, anunciada no dia 1º de agosto de 2006 para um amistoso contra a Noruega, surgiram nomes como o do goleiro Fábio, do Cruzeiro, o lateral-esquerdo Marcelo – então no Fluminense, e hoje no Real Madrid, também chamado por Mano –, os meio-campistas Dudu Cearense, Jônatas, Morais e Wagner, e o atacante Daniel Carvalho. Nenhum deles chegou à Copa do Mundo quatro anos depois.

Se comparada à primeira convocação de Mano Menzes, a lista feita por Dunga há quatro anos tem apenas duas coincidências: Marcelo e Robinho. O lateral-esquerdo ficou às portas da Copa do Mundo, na lista de 30 pré-convocados; já o atacante esteve na África do Sul e foi um dos destaques da seleção até as oitavas de final.

Colocada ao lado da última convocação de Dunga – a dos 23 jogadores que disputaram o Mundial – a lista de Mano Menezes tem quatro coincidências. Além de Robinho, o lateral-direito Daniel Alves, o zagueiro Thiago Silva e o meio-campista Ramires foram lembrados.